Para desmentir todos os boatos gerados até hoje de que pessoas feias ‘tem mais conteúdo’, eis uma PESQUISA CIENTÍFICA sobre este assunto que derruba de vez este argumento, ou seja, ser feio não é prova de inteligência e ser bonito também não o é de falta de inteligência e conteúdo, pelo contrário!

Sendo assim, não é muito inteligente da parte dos feios continuar tentando usar deste argumento que, convenhamos, nunca convenceu ninguém, nem mesmo a auto-estima dos que tentavam usá-lo.

pessoas bonitas sao mais felizes
Um estudo feito na London School of Economics, na Inglaterra, diz que beleza tende a vir acompanhada de inteligência. Nos resultados, os homens avaliados como mais bonitos pelos participantes tinham QI 13,6 pontos mais alto do que a média. Já as mulheres bonitonas tinham 11,4 pontos de vantagem.

Segundo os pesquisadores, a culpa é da hereditariedade.

Eles explicam que, para começo de conversa, homens mais inteligentes tendem a ser mais bem-sucedidos, e que homens bem-sucedidos tendem a se casar com mulheres mais bonitas (não faltam exemplos por aí, né? Oi, Eike! Oi, Luma!).

Mais ainda, dá para dizer que as pessoas especialmente bonitas tendem a se relacionar umas com as outras. E dito isso, a gente lembra também que tanto a inteligência quanto a beleza física são altamente hereditárias.

Voilá, é fácil imaginar um casal lindo e inteligente tendo filhos também lindos e inteligentes.

Mas vamos com calma: a conclusão é “puramente científica”, diz o líder do estudo, Satoshi Kanazawa, e não uma “receita de como tratar ou julgar os outros”. Ou seja: peguem leve com os feios. Eles também têm seu valor. Talvez.